Posts Tagged ‘custo de vida’

Natal é a capital mais cara do Nordeste

julho 31, 2011

Uma reportagem do jornal norte rio grandense Tribuna do Norte traz uma notícia que pode surpreender a alguns turistas: Natal tem o custo de vida mais alto do Nordeste; o jornal informa que os custos com habitação, alimentação e transportes são mais altos em Natal do que em vizinhos maiores, como Recife, Fortaleza e Salvador.

O jornal fez entrevistas e investigações para descobrir o por quê desses preços mais altos.

No caso da habitação, constatou-se que o aluguel médio de um apartamento à beira-mar de Natal custa em média R$ 1.500,00, enquanto que em Salvador encontra-se local similar por R$ 1.000,00. Segundo os corretores da imobiliária Remax, que tem escritórios por todo o Nordeste, a explicação seria que a oferta de apartamentos em Natal seria bem menor do que nas outras cidades da região.

De fato, é visível que, tanto pelo controle ambiental mais rígido como pelo fato de o crescimento da cidade ter sido mais recente, a oferta de condomínios verticais nas áreas próximas à praia é mais restrita em Natal.

Se por um lado isso justifica o preço mais alto dos aluguéis, deveria também ser motivo para preços mais baixos nas hospedagens, já que Ponta Negra está completamente tomada por imóveis horizontais transformadas em pousadas. Entretanto, há pesquisas de fontes confiáveis que mostram que as diárias dos hoteis em Natal foram as que tiveram o maior aumento recentemente.

Segundo dados do Dieese, a cesta básica em Natal é a mais cara do Nordeste, seguida por Recife e Salvador. Isso significa que os restaurantes tem custos mais altos para preparar seus pratos. Junte-se a isso a relativa escassez de restaurantes na cidade, e fica explicado por que muitos turistas ficam com a sensação de pagarem caro por seus almoços em Natal.

O jornal informa ainda que Natal tem as tarifas de táxi mais caras do Nordeste; com o aumento recentemente autorizado, a bandeirada passou a R$ 4,15, e o quilômetro rodado passou a R$ 2,15  (em horário normal; na bandeira 2, esses valores ficam 40% mais altos).

Isso significa que uma corrida de Ponta Negra a um bairro central como Petrópolis, ou de Ponta Negra à Praia do Meio, poderá custar mais de R$ 30,00. A explicação do Sindicato dos Motoristas é: “Nosso trabalho é diferente; nossa cidade é pequena; nossas corridas são menores; o passageiro passa pouco tempo no nosso carro; nossa frota é de alta de qualidade; nossos motoristas passam por capacitação constante. Tudo isso influencia o preço”.

Quem vem a Natal deve preparar o bolso.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.